Rádio Liberdade 87,9
Quarta, 18 Outubro 2017 09:06

PC cumpre mandado e prende acusado de matar mulher com golpe de faca em Lagoa Grande

Escrito por 

A Polícia Civil, através da Delegacia de Polícia de Presidente Olegário, cumpriu um mandado de prisão temporária em desfavor de Divino Eterno Gonçalves Dos Santos, 28 anos de idade, suspeito de matar Jozeane Pacheco de Sousa, 38 anos no último domingo (15) em Lagoa Grande. Ele nega dizendo que a vítima golpeou a si própria. Divino vai responder por homicídio triplamente qualificado.

 

De acordo com o Delegado Vinícius Volf, a Polícia Civil iniciou as investigações no dia do crime por meio da perícia técnica, sendo que nessa segunda-feira (16) os policiais civis realizaram diversas diligências na região de Lagoa Grande a fim de coletar provas para a investigação e localizar Divino.

 

Diante dos indícios de envolvimento de Divino no crime, a Polícia Civil representou pela sua prisão temporária, sendo o competente mandado de prisão expedido nesta terça-feira (17), tendo Divino se apresentado na Delegacia de Polícia Civil, acompanhado de seu advogado, e o mandado de prisão devidamente cumprido.

 

Em seu interrogatório Divino alegou que durante uma briga houve um acidente e Jozeane veio a golpear o próprio peito com a faca, vindo a óbito no local. Com a morte, ele acabou evadindo para uma mata próxima a cidade de Lagoa Grande, onde permaneceu até esta terça.

 

Após o seu interrogatório o acusado foi encaminhado ao presídio local, onde permanecerá à disposição da Justiça e responderá pela prática do crime de homicídio triplamente qualificado, por motivo fútil, impossibilidade de defesa da vítima e feminicídio (crime contra a mulher por razões da condição do sexo feminino), com pena de 12 a 30 anos de reclusão.

O delegado informou que Divino possui passagem policial pela prática do crime de lesão corporal em âmbito familiar, uma vez que já teria agredido sua tia em meados de setembro de 2016.

 

O policial ainda ressaltou que a Delegacia de Presidente Olegário tem trabalhado de forma incessante na apuração dos crimes ocorridos na região de Lagamar, Lagoa Grande e Presidente Olegário, contando sempre com a colaboração dos cidadãos de bem, que têm um papel essencial através do fornecimento de informações à Polícia Civil, seja por meio do Disque Denúncia Unificado – DDU 181 ou pelo telefone da Delegacia de Polícia Civil 34-3811-1227.

 

Fonte: Patos Hoje 


Sábado, 16 Dezembro 2017
16:00 - 21:00
Clube do Ouvinte

Maria do Carmo

botao01