Rádio Liberdade 87,9
Quarta, 01 Novembro 2017 09:31

Temporal em Patos de Minas alaga diversas ruas e derruba dezenas de árvores

Escrito por 

Um temporal na tarde desta terça-feira (31) alagou diversas ruas em Patos de Minas. Com rajadas de vento e um forte volume de água, a chuva deixou os moradores muito assustados. Dezenas de árvores foram derrubadas na cidade. O Corpo de Bombeiros recebeu diversos chamados. Áreas críticas como as imediações da Lagoa Grande voltaram a ficar totalmente alagadas.

 

Na Avenida Fátima Porto, às margens do Córrego do Monjolo, foram pelo menos 5 árvores derrubadas. Todas caíram para dentro do córrego. Também houve queda de árvore na Rua Minas Gerais, Avenida Paranaíba, Praça Juquinha Caixeta, às margens da Lagoa Grande, Avenida Continental, Avenida Afonso Queiroz e em vários outros pontos na cidade. 

Também houve diversos pontos de alagamentos. Na avenida Fátima Porto, um carro ficou preso na enxurrada. Na Rua Barão do Rio Branco, próximo da Lagoa Grande, os moradores e comerciantes voltaram a sofrer com a inundação. Ainda houve o acidente com o operador de máquina e alagamento da ponte sobre o Córrego do Monjolo no final da Rua Vereador João Pacheco. 

Em alguns bairros, moradores registraram queda de granizo e várias ruas ficaram tomadas por barro e lixo. Na Rua Major Gote, o trânsito teve que ser interditado para retirada de uma placa publicitária que desabou. O tráfego de veículos ficou bastante confuso e exigiu muita paciência dos motoristas na principal rua da cidade. O semáforo da Rua José de Santana com a Rua Barão do Rio Branco ficou retorcido. 

O Centro Integrado de Comando e Controle- (CICC)- fez um alerta à população. O cuidado deve ser redobrado no trânsito para evitar acidentes. Eles orientam as pessoas a evitarem o tráfego pelas principais ruas da cidade, procurando caminhos alternativos e abrigo seguro. Não entrar nas enxurradas e se proteger.

As pessoas também devem evitar ficar debaixo de árvores, pois há perigo nas quedas de árvores. Procure ficar dentro de sua casa e/ou trabalho onde você possa se abrigar, desde que não seja área de risco. Se notar que se carro poderá ser arrastado pelas águas, pare, abandone o veículo e procure um lugar seguro. Se notar trincas e rachaduras em casa saia rapidamente e acione a Defesa Civil.

Em caso de emergência ligue para Coordenadoria Municipal de Proteção e Defesa Civil, Corpo de Bombeiros Militar ou Samu pelos telefones 193 e 192. A vida está primeiro lugar.
 

Fonte: Patos Hoje


Sábado, 16 Dezembro 2017
16:00 - 21:00
Clube do Ouvinte

Maria do Carmo

botao01